Estou gravida e sem dinheiro? Como saber lidar com esse fato enquanto estou com um orçamento baixo? Eu sem dinheiro pra bebe nascer?

 

O dinheiro é menos importante do que você pode pensar no início. Há muitas boas maneiras de educar uma criança com pouco dinheiro.

Este artigo pode dar-lhe alguma ajuda com pontas para conservar ou maneiras de evitar gastar completamente o dinheiro.

Preciso de ajuda! Estou gravida e sem dinheiro

Grávida e sem dinheiro. E agora??? Não se desespere! Vou contar para vocês a história de um casal de amigos que já estão no segundo filho.

 

E eles eventualmente não gastaram quase nada do próprio dinheiro. Eu acompanhei as duas gestações desse casal. Muitas vezes até ajudando na arrecadação de materiais.

Tudo começou quando eles foram ter o primeiro encontro com o médico. E ele falou sobre finanças e perguntou como iria ser. Se iriam gastar dinheiro, ou sem dinheiro.

Todos ficamos um pouco confusos com esta pergunta. E um tanto ingenuamente nos colocamos a questão.

 “Dinheiro, realmente precisamos dele para ter um bebê?”

A gravida dando atenção ao dinheiro

Agora, sete meses após o nascimento, eles não gastaram mais de 200 euros do próprio dinheiro. O que seria equivalente a aproximadamente 700 reais.

O que ainda é uma estimativa bastante alta. Como conseguiram??? Vou contar a vocês…

Após gravidas dando a AMAMENTAÇÃO

Ao amamentar exclusivamente, salvamos centenas de reais em nutrição engarrafada. Agora, 7 meses depois, continuaram com isso.

Amamentar não é apenas mais barato, também é bom para bebês. No início pode ser difícil e doloroso para começar.

Mas depois dessa primeira fase é muito mais fácil do que acordar no meio da noite para aquecer o leite.

NUTRIÇÃO NORMAL e  sem dinheiro para bebê

Após seis meses, começaram a alimentar com alimentos normais. Não de pequenos frascos, mas alimentos como tomates, abobrinhas, maçãs e banana.

Eles estão dando este alimento sem uma colher. Deixando o bebê determinar o que ele quer e como ele come (de acordo com o método Rapley).

Não gastaram dinheiro extra em alimentos e o bebê está comendo fantasticamente.

NÃO COMPRE NADA se você é gravida e sem dinheiro

Eles fizeram uma lista do que pensavam que precisavam e informaram a família e amigos.

Eu mesma ajudei com o que pude. Com o que arrecadaram deu para comprar uma cama e um baby buggy.

Uma dica deles é usar as lojas de segunda mão. E as redes de pessoas que dão coisas de graça.

As gravidas dando CUIDADOS DE SAÚDE

Com relação a saúde e visitas a médicos e especialistas foi um pouco preocupante, eles relataram.

Mas, não teve no final tanta razão para se preocupar, apesar da fila e espera por atendimento.

Para nossa sorte no Brasil existe o Sistema Único de Saúde (SUS). O qual conta com atendimento exclusivo e ótimo para gestantes.

Todos os cuidados necessários para crianças até 18 anos é totalmente coberto pelo SUS. Isso nos da bastante alívio. As coisas são consideravelmente diferentes em países diferentes.

É completamente possível não gastar muito dinheiro com um bebê. Há listas de coisas que muitas pessoas acreditam que “se deve” comprar para um novo bebê.

Mas, pode olhar de perto e realmente analisar se todas essas coisas são realmente necessárias. Ou se existem outras alternativas.

Pode ser tão simples como olhar para trás uma geração ou duas e perceber que muitas das coisas que consideramos para um bebê hoje. Simplesmente não foram utilizados pela geração dos nossos avós.

Onde ainda pode economizar a gravida e sem dinheiro

Não foi possível fazer tudo completamente sem dinheiro, mas esse não era o objetivo. O objetivo simplesmente surgiu por necessidade: simplesmente não tinha dinheiro, então precisaram ser criativos.

Então surgiu mais uma ideia economizar mais dinheiro com fraldas. Isso mesmo as milhares de fraldas.

A mulher gravida dando atenção as FRALDAS

Não é fácil gastar pouco dinheiro em fraldas. Este é o maior desafio.

Foram compradas fraldas boas, mas quando elas estavam com descontos. E a família e amigos às vezes davam como presentes, fraldas.

Outra maneira de resolver isso é comprar em segunda mão. Aquelas fraldas laváveis, porque isso seria o melhor e quase não custa dinheiro.


Mãe solteira? Seu parceiro te abandonou? Sua familia não te apoia?  Você não tem dinheiro?  Não quer passar fome e muito menos que seu bebe passe?

Muitas mulheres gravidas passam por essas situações também. Nem sempre a vida é facil, ou um mar de rosas para as pessoas.

Muitas vezes não temos a familia por perto, ou amigos. Nos encontramos perdidas e sozinhas.

Essas mulheres não devem ser criticadas, elas também fazem o que pode para sobreviver. E ainda gravida, fazem o que pode para o bebe sobreviver.

Dependendo da situação, a mulher gravida muitas vezes não consegue um emprego com carteira assinada. ou um emprego em uma loja, uma empresa…

Essa mulher não tem quem a ajude financeiramente… Com isso ela recorre a uma das mais antigas profissões do mundo.

A gravida dando por dinheiro

Muitas vezes não é opção, é necessidade. A muitas mulheres gravidas que se prostitui em troca de um lugar para comer, dormir e tomar banho.

E por não terem para onde ir, ou alguém para ajuda-lá, ela permanece com essa ação:  gravida dando por dinheiro.

Existem muitas mulheres nessa situação que pensam em abortar ou dar o bebe. No entanto, essas duas opções não são facieis sentimentalmente e legalmente.

Logo, gravida e sem dinheiro desejando ter esse bebe. E poder dar a ele uma vida ela busca a prostituição.

Vale a pena destacar que a atividade de prostituição entre adultos em alguns paises como Portugal e Brasil, não é considerada ilegal por si só.

Eu nao tenho carteira assinada e estou gravida

Atenção a você empregado! Quando contratado deve ser assinado a carteira. A carteira de trabalho é algo protegido por lei.

E no momento que o patrão nega registrar a carteira da empregada, surge um conflito de interesses. Situação em que levado ao tribunal, apenas o juiz pode solver.

Então você que nao tenho carteira assinada e estou gravida. Ou até mesmo sem estar gravida. Pode recorrer as Leis Traballhistas.

A Reclamação Trabalhistas tem como objetivo o reconhecimento do vínculo de emprego da empregada gestante. Ou de qualquer outro empregado.

Então no caso de uma ação, o magistrado determina a anotação na carteira. Além de reintegração ou, se inviável, a indenização do período estabelecido.

Lembrando que neste tipo de ação, é muito importante comparecer em audiência com testemunhas. Isso para ser comprovado que você de fato prestou serviços para o empregador.

Para saber mais sobre o “nao tenho carteira assinada e estou gravida”. Alem de direitos da gestante, não deixa de ler nosso artigo sobre Gravida e sem carteira assinada.