*Numa sociedade predominantemente consumista, a palavra “valor” parece cada vez mais associada a outras como “economia”, “empreendedorismo”, “investimento”, “inovação” e, em especial, “dinheiro”. *

Mas para alimentar os principais valores humanos, que podemos, de imediato, associar ao enriquecimento cultural, podemos inovar sem precisar, necessariamente, de dinheiro. Com alguma criatividade, algo que à partida parece impossível, como viajar sem dinheiro, pode tornar-se realidade.

Como podemos concretizar algo assim? Claro que talvez não seja possível viajar de avião e também é evidente que, pelo menos numa primeira vez em que viaje desta forma, não conseguirá atravessar o mundo. Não se pretende aqui falar do impossível, mas sim apresentar algumas dicas que o poderão ajudar.

Em primeiro lugar, os bens mais essenciais não são materiais. Tem de ter, dentro de si, um espírito de aventura bem vincado, a capacidade de lidar com o inesperado, uma boa flexibilidade para as circunstâncias e, claro, aquela que é uma das nossas maiores capacidades como seres humanos: a capacidade de comunicar. O diálogo é fundamental e será o ponto de partida para conseguir sair de casa sem gastar dinheiro.

Como sabemos, não há mal nenhum em pedir alguma coisa a outras pessoas. Pedir boleia a alguém para algum lado tem o seu lado excitante, claro, mas é algo que também não deve ser feito sem algumas precauções. O instinto é importante, mas não chega.

É importante conversar com alguém que esteja disposto a levar-lo até algum lado, é importante saber que estradas seguirá (estradas principais fazem parte da segurança) e, mais que tudo, é importante que alguém saiba onde está.

Como viajar sem dinheiro

A sua criatividade e os seus dotes comunicativos vão, certamente, ajudá-lo a conseguir muitas coisas sem ter de gastar dinheiro. Mas não pode esperar ter tudo gratuitamente sem poder oferecer nada em troca.

O dinheiro é um modo de transação, certo? Pois, pode substituí-lo oferecendo qualquer um dos seus talentos em troca de viagens, comida e outros serviços? Gosta de escrever? Escreva um poema, uma dedicatória, um elogio a alguém. Gosta de cantar? Quem não fica mais animado em ouvir uma música?

Olhe à sua volta! Não vê gente a precisar de ajuda? Transportar uns sacos, levar o lixo, fazer companhia a alguém, entre tantas outras coisas. Claro que não ajudará com o objetivo de ser remunerado ou de conseguir avançar com a sua viagem gratuitamente. Mas, a curto, médio e longo prazo, vai ver que as suas boas ações o vão libertar e ajudar a conseguir muitos benefícios para as suas viagens gratuitas.

Há todo um novo mundo à nossa volta por descobrir onde o dinheiro não é o protagonista! A nossa criatividade liberta-nos e tudo o que ainda não conhecemos ajuda-nos a crescer e a formar novo conhecimento. As nossas possíveis aventuras ainda só agora estão a começar.

Então, como viajar sem gastar dinheiro

A grande questão deste topico é como viajar sem gastar dinheiro??? Mais não se preocupe o Semdinheiro.org irá dar umas dicas de maneiras para viajar de graça ou gastar muito pouco.

Colocar uma mochila nas costas e cair na estrada em busca de caronas que o levem para os lugares mais incríveis é uma maneira de viajar de graça. Mas não é a única. A tecnologia possibilitou outras formas de conhecer o mundo sem gastar dinheiro.

Hoje é possivel encontrar hospedagem gratuita pela internet ou hospedagem por um valor barato e acessivel. Em outros artigos em nosso site falamos mais sobre esses tipos de hospedagem.

A opção de viajar sem dinheiro deve ser algo que você realmente esteja disposto a fazer  para contradizer o que muitos acreditam em relação ao mesmo. Para demonstrar que é um equívoco enorme associar a renda bancária ao que você está ou não está hábil a realizar.

Algumas dicas de como viajar sem grana

Primeiro grande passo é o desbloqueio de medos pessoais. Pessoas sempre deveriam ser mais valorizadas do que coisas, pois são aqueles que por nossas vidas passam, que nos proporcionam momentos sinceros e inesquecíveis. Seja no dia-a-dia ou numa viagem.

Eu acredito no lado bom das pessoas e que, a partir do momento em que se está aberto ao desconhecido, aberto ao mundo, muito se pode alcançar, de uma forma pura, honesta e sim, livre de interesses materiais. Depois de uma viagem sem dinheiro, você passará a acreditar bastante nesse negócio de energia… o que você atrai para sua vida é o próprio reflexo das suas atitudes perante o próximo. Se faz o bem, o bem vem. Simples assim.

Você deve estar preparado para dormir em casas diferentes e muitas vezes sem conforto, mais em recompensa viverá situações que dinheiro nenhum paga, simplesmente pelo ato de confiar nas pessoas. Deveríamos todos aprender a enfrentar o medo de portas abertas. Afinal, o perigo na grande maioria das vezes é ilusório.

E, se porventura passar por uma situação não tão agradável, acredite: é porque algo espetacular está para acontecer logo logo. Até chegar ao seu destino você pegará muitas caronas, as quais viram cheias de histórias.

No final de sua viagem chegará a conclusão de que isso é viajar! Isso é se deixar viver: confiar. Confiar sobretudo em si próprio... Confiar que sim, você pode ir atrás dos seus sonhos. Você pode viajar.

Se alguma coisa falta para o passo adiante ser dado, essa coisa é coragem. Nada além disso. Não tenha medo do desconhecido, eu estive lá e muitas pessoas também e posso garantir que ele é carregado de bondade e positivas surpresas. Abra suas portas ao mundo e viaje.

Mais informações

Se você quiser ler mais sobre viajando sem grana acesse nosso site, temos varias dicas esperando por você.